Saúde Mental

Como superar os medos de escrever e publicar um livro?

Esse post não tem o objetivo de ser escrito por um especialista. É apenas uma autora compartilhando sua visão sobre o assunto.

Gosto de escrever sobre questões psicológicas, e minhas histórias são voltadas para esse tema. Então, por que não explorar as experiências de um autor em relação a esses aspectos? Acredito que todo escritor, em algum momento, sinta medo. A lista de medos pode ser longa e variada, mas vamos lá:

  • Tenho medo de não conseguir escrever um livro.
  • Receio de que meu livro não seja original.
  • Preocupação de que meu livro não seja bom o suficiente.
  • Tenho medo de que ninguém se importe com meu livro.
  • Tenho medo de que as pessoas achem meu livro ruim.
  • Tenho medo de que meu livro me faça parecer estúpido.
  • Tenho medo de que ninguém compre meu livro.

Todos esses medos passam em algum momento na cabeça de quem quer escrever e publicar. A questão é que o medo não é algo ruim, se pensarmos que ele serve para um propósito. Ele serve para podermos dar o nosso melhor. O problema é quando esse medo nos impede de seguir em diante. Então, na minha concepção, a primeira coisa é pensar racionalmente em eliminar a Síndrome do Impostor que fica falando no seu ouvido como um diabo de desenho animado.

A Síndrome do Impostor ocorre quando alguém (mesmo uma pessoa muito talentosa com muita experiência e credenciais) acredita que não sabe realmente o que todo mundo pensa que sabe. Eles acreditam que suas ideias são erradas ou inválidas, ou no caso de escritores que suas habilidades de escritas são inferiores às de outros autores.

Em algum momento, todos esses medos passam pela mente daqueles que desejam escrever e publicar. No entanto, é importante entender que o medo não é necessariamente algo negativo; ele pode ter um propósito importante. Ele nos motiva a dar o nosso melhor e a superar obstáculos. O problema surge quando o medo nos paralisa e nos impede de avançar. Para lidar com isso, acredito que a primeira etapa seja enfrentar racionalmente a Síndrome do Impostor, aquela voz que nos desencoraja, como se fosse um diabo de desenho animado sussurrando em nosso ouvido.

Existem técnicas (que não sou em quem diz) que podem ajudar a superar o medo. Uma delas consiste em listar todos os seus medos e ir se perguntando de forma honesta sobre cada um deles: esse medo é possível? Existe alguma chance de que isso aconteça? Se esse medo acontecesse, quais seriam as consequências? Quando eu escrever meu livro, que benefício obterei para mim mesmo? Como posso evitar as consequências? Como posso usar esse medo a meu favor?

Eu tinha muitos desses medos, e a forma que achei para vencer o medo foi primeiro mostrando o livro e pedindo uma opinião sincera de um leitor beta. Quando eu percebi que não estava ruim, decidi que precisava de uma leitura crítica para ter uma crítica especializada. Isso ajudou a diminuir meu medo, mas não fazê-lo sumir.

Você pode se fazer várias perguntas, todas que julgar necessárias, mas eu acredito que para mim a que mais faz sentido e com peso é:

E se eu desistir? Se eu NÃO escrever meu livro, o que acontecerá? Como me sentiria se não o publicasse?

Ao conhecer as respostas para seus medos, torna-se mais fácil tomar uma decisão e avançar, mesmo que o medo e a ansiedade ainda estejam presentes durante o processo.

Autopublicação Autor independente Blogar Blog do autor conselhos de marketing para escritores desafios de marketing para autores dicas para autores independentes Dom Casmurro Escrita criativa Hercule Poirot Ideias de postagem para autor Ironia nas obras de Machado de assis literatura literatura brasileira livros livros de Agatha Christie livros de mistérios Livros independente loucura e sanidade na literatura Machado de Assis Machado de Assis contos Machado de Assis em inglês Machado de Assis e saúde mental Machado de Assis psicologia Memórias Póstumas de Brás Cubas mercado editorial brasileiro Miss Apple opinião pesquisa de mercado editorial psicologia criminal psicologia em "O alienista" psicologia literária psicologia na literatura psicologia nos livros Publicação publicação independente reflexões sobre loucura e poder relevância do Alienista no dia atual; impacto do O alienista na psicologia moderna romance policial romances de Machado de Assis Saúde Mental Saúde mental na literatura Temas psicológicos nas obras machadianas Tiktok literatura clássica viver da escrita

Comentários desativados em Como superar os medos de escrever e publicar um livro?